Idosos ditam mudanças e tendências no mercado consumidor

9 Maio

Segmento tem potencial de consumo de R$ 7,5 bilhões, o dobro da média nacional

Eles possuem potencial de consumo de R$ 7,5 bilhões e, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), representam 10,5% da população brasileira – mais de 18 milhões de pessoas. Os idosos, que têm sua data comemorada no próximo sábado, dia 27, despontam como novo filão de mercado para empresas de produtos e serviços. Com independência financeira, vontade de gastar e consciência sobre como e o que consumir, os idosos começam a chamar a atenção do varejo para a importância do atendimento personalizado e da fidelização.

Segundo o diretor de Planejamento e Negócios da Gerencial Brasil, Sidney Porto, algumas características tornam este público muito especial na hora da compra. Eles são mais fiéis à tradição, têm pouca tolerância à demora e ao barulho e reagem extremamente bem à oferta de produtos que saciem suas necessidades. “O idoso é um cliente que quer ser encantado por algum diferencial. Um supermercado que ofereça alguém para acompanhá-lo em suas compras, auxiliando desde a entrada na loja até a colocação dos produtos no carro, certamente terá a preferência desse público, mesmo que cobre preços mais altos que seus concorrentes”, explica.

Outro ponto a ser reforçado é que os idosos, em sua maioria, possuem recursos em reserva para compras de maior valor agregado e são mais confiáveis no pagamento das contas. Isso porque são previsíveis em seus gastos e se programam muito melhor do que os jovens. A ADCOS – Cosmética de Tratamento é um exemplo de empresa que está atenta ao comportamento e aos interesses desse público. Ela desenvolve e comercializa produtos para beleza e saúde e possui linhas de tratamentos estéticos para desacelerar o envelhecimento cutâneo. Para atrair os consumidores da terceira idade, realiza ações em 26 pontos-de-venda na grande Belo Horizonte, incluindo farmácias de manipulação
e lojas próprias.

Todas as semanas, as promotoras de vendas, que também têm formação de esteticista, realizam o “Dia de Beleza ADCOS” nos locais de venda, presenteando os clientes com sessão de relaxamento com os produtos da marca. As agentes limpam, tonificam, esfoliam e hidratam a pele, para que o consumidor sinta as características e os benefícios das linhas de tratamento. “O cliente idoso é mais conservador e pede mais segurança e atenção na hora da compra. Por isso essas ações de demonstração de produtos fazem muita diferença na conquista desse perfil de cliente e nas vendas para o uso home care dessa faixa etária”, afirma o máster-franqueado da ADCOS-BH, Guerra Filho.

Na Lar Imóveis, maior imobiliária em venda e locação de imóveis de Belo Horizonte, 40% dos proprietários de imóveis para locação são idosos. Para conquistar a clientela, que possui patrimônio adquirido ao longo da vida, a empresa passou a oferecer serviços diferenciados como Sistema de Pagamento Programado, no qual o proprietário recebe o valor do aluguel mensalmente, no dia programado, independentemente do inquilino ter pago ou não. “Nós assumimos o pagamento junto ao proprietário e depois resolvemos a situação com o inquilino. Assim, o idoso tem a garantia de que naquele dia terá o dinheiro disponível para pagar suas despesas”, conta o diretor da Lar Imóveis, Luiz Antônio Rodrigues.

É nítido o potencial de crescimento deste público como consumidor, já que de acordo com o IBGE a previsão é que o número de idosos no país dobre nos próximos anos. “Quando o número de idosos cresce, a tendência é que passem mais despercebidos e, com isso, contem menos com a ajuda solidária das pessoas em suas tarefas. Cabe a quem quer vender facilitar no que for possível, seja com serviços de apoio, com produtos direcionados às suas necessidades e outros”, detalha Porto.

A grande questão a ser analisada pelas empresas, de acordo com o diretor da Gerencial Brasil, é a dinâmica do mercado consumidor. Para ele, o cenário encontrado nunca é o ideal, já que o mercado está em constante e veloz mudança e os fornecedores andam em seu rastro. Isso exige das empresas flexibilidade e agilidade para mudar rapidamente, promovendo a atualização e o conhecimento de seu público consumidor.

Fonte:

http://mensagempromeio.blogspot.com/2008/09/idosos-ditam-mudanas-e-tendncias-no.html

Comentário do Grupo:

Observamos que os com independência financeira, vontade de gastar e consciência sobre como e o que consumir, os idosos começam a chamar a atenção do varejo para a importância do atendimento personalizado e da fidelização.

Além disso, eles são mais fiéis à tradição, têm pouca tolerância à demora e ao barulho e reagem extremamente bem à oferta de produtos que saciem suas necessidades. Portanto, a tendência de compra do idoso é ser mais conservador e pedir mais segurança e atenção na hora da compra.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: